Quinta-feira, 21 de Dezembro de 2006

não sei que escrever

                        

Meus amigos… hoje apetece-me escrever…

Mas ainda não sei bem o que…

Talvez escreva algo diferente…

 

Meu Deus, para quê tanta guerra, tanta dor?

Para quê tanta fome, tanta solidão?

Para quê tanta angústia e sofrimento?

São perguntas simples mas carregadas de terror…

Terror tal que… que angustia meu coração…

E me faz pensar sobre tudo esse tormento

Que… alguém tem em seu redor…

Sem nada estar entregue em sua mão?!

Sim, porque se estivesse o mundo seria melhor;

Disso tenho eu a certeza…

Meu Deus será que esses seres humanos

Pecaram assim tanto por assim viver?

Será que eles nada podem fazer

A não ser fugir e voltar a fugir para não morrer?

Por vezes me apanho a pensar…

E realmente o mundo é muito cruel…

Abro o jornal mas logo o volto a fechar

Pois só de ler começo a chorar…

Como é possível meu Deus…

Tanta desgraça, tanto sofrimento??

 

Meu Deus mais uma vez te peço

E com este pedido me manifesto

Perante tanta dor…

Termina as guerras, a fome

A angústia e todo o sofrimento

Que existe neste mundo…

 

Morres-te por nós…

Sim é de louvar…

Mas será que não há ninguém

Que possa seguir teus paços

Para tudo isto acabar?

 

É duro demais e Tu sabes disso…

Se a mim me custa…

Nem imagino teu sofrimento

Ao ver teus filhos se matarem

Uns aos outros por…

Meia dúzia de tostões…

Ou por palmo e meio de terra…

É duro sim…e triste…

Espero que Leias este pequeno texto

E Consigas fazer algo por todos nós…

Amo-te Meu Deus sei que também me amas

E por isso te peço com todo o meu amor

Termina com tanto sofrimento…
sinto-me: ??????????
publicado por bafito às 21:13
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Luminusidade a 22 de Dezembro de 2006 às 09:38
Olá meu querido Amigo ... tens razão ... tanto sofrimento à nossa volta ... e tanta impotência para terminar com ele...
Torna-se difícil partilhar a alegria dos dias que se aproximam quando nos lembramos e vemos, tanta dor ... tanta amargura ...
Resta-nos estender uma mão para aquele que mais perto de nós sofre e se verga ao peso da dor ...
Se todos fizermos isso ... teremos a certeza que haverá um pouco mais de alegria e paz ...
Muito sensibilizada com o teu poema, desejo-te um Natal muito feliz, com muita paz e Amor...
Bjinhos de profunda amizade

Comentar post

.Sobre mim

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Poesias recentes

. Para ser feliz

. ...

. Voltei....

. Para ti minha...

. DISTANCIA QUE AFASTA

. vagando pela estrada da v...

. te procuro

. escrevi e tornei a escrev...

. muito cansado

. para ti minha querida

.Poesias arquivadas

. Maio 2013

. Outubro 2011

. Abril 2010

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds