Terça-feira, 14 de Novembro de 2006

Me pedis-te para esquecer

Me pedis-te para esquecer

Tudo o que entre nós se passou.

Esquecer esse amor que nos uniu,

Esquecer os momentos que vivemos,

Enfim… esquecer tudo… mas é impossível!

Se esquecesse não iria sobreviver!

Sabes… este amor me marcou…!

As lágrimas me correm pelo rosto

Sempre que me recordo de ti;

Não que seja desgosto

Mas… porque ainda não te esqueci!

Te amarei com todas as minhas forças

E… nada me vai fazer desistir!...

De ti, do teu amor, do teu carinho…

Podes tentar fugir;

Podes-me deixar sozinho…

Mas… meu amor te vai seguir

Acompanhando-te no teu caminho

Até conseguir atingir

Novamente teu coração.

Porque a verdade é que te amo!

sinto-me: sem vontade para nada
publicado por bafito às 17:46
link do post | comentar | favorito

.Sobre mim

.As minhas visitas

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Poesias recentes

. Para ser feliz

. ...

. Voltei....

. Para ti minha...

. DISTANCIA QUE AFASTA

. vagando pela estrada da v...

. te procuro

. escrevi e tornei a escrev...

. muito cansado

. para ti minha querida

.Poesias arquivadas

. Maio 2013

. Outubro 2011

. Abril 2010

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

.As minhas visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds