Quarta-feira, 8 de Novembro de 2006

sem título

Chegas-te e me olhas-te

Passas-te e me cumprimentas-te;

Meu coração não aguentou

E bem forte, começou

A bater!!

Teus olhos me iluminam

Tuas palavras me alegraram,

Tua maneira de ser me invadiu

E desse amor meu coração não fugiu!

Por vezes penso em me arrepender

Mas não arranjo para tal;

Pois… se eu não te conseguisse conhecer

Não conseguia conhecer alguém tão especial

Que… me ensinou novamente a viver!

Não conhecia tal cristal,

Tal diamante que me fez renascer

Do sofrimento ao qual

Me entreguei para me esconder!

Já nada neste mundo

Me faria crer…

Que deixaria de ser aquele bagundo

Deste cruel sofrimento.

Nada me faria crer

Que bem lá no fundo

Havia uma esperança de renascer

Deste tormento tão profundo.

Nada me faria crer

Que neste mundo havia alguém

Que me faria acreditar novamente…

No amor… como tu me fixes-te acreditar!

Agradeço-te, por agora ter de novo…

Gosto pela vida, gosto por viver

Pois tu me des-te uma razão para tal.

Jamais esquecerei o que fixes-te por mim!!

 

 

sinto-me:
música: feliz muito feliz
publicado por bafito às 22:00
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Anónimo a 9 de Novembro de 2006 às 12:27
Oh!! Abençoados são os que conseguem extravasar assim o que lhes vai na alma !!! E privilegiados somos todos nós por nos deixares penetrar no TEU EU ...

Como não sou poeta cito para ti Saint Exuperry:

"O essencial é invisível aos olhos, só se vê bem com o coração".

TÁS NO BOM CAMINHO BAFITO, FORÇA !!!!
De bafito a 9 de Novembro de 2006 às 20:51
abençoada sejas tu que... conseguis-te penetrar no meu eu e ajudar-me a encontrar a felicidade
jinho doces

Comentar post

.Sobre mim

.Maio 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Poesias recentes

. Para ser feliz

. ...

. Voltei....

. Para ti minha...

. DISTANCIA QUE AFASTA

. vagando pela estrada da v...

. te procuro

. escrevi e tornei a escrev...

. muito cansado

. para ti minha querida

.Poesias arquivadas

. Maio 2013

. Outubro 2011

. Abril 2010

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds